Beber uma lata de soda por dia, aumenta o risco de um tipo agressivo de câncer em 40 por cento

Já citamos várias razões para largar o refrigerante aqui: eles podem prejudicar o espermacausar problemas muscularesengordamcausam envelhecimento precoce, aumenta o risco de câncer de pâncreas e, além de tudo, viciam

Homens que bebem uma lata 300ml de refrigerante por dia, tem mais tendência a necessitar de tratamento para uma forma grave de câncer, do que aqueles que nunca consumiram a bebida. 

Um estudo em 15 anos descobriu que aqueles que bebem 300 ml de bebida efervescente por dia - são 40 por cento mais propensos a desenvolver câncer de próstata do que os homens que evitam as bebidas. Preocupante, o risco não foi aplicado em estágio inicial da doença que foi vista através de exames de sangue, mas para cânceres que tinham progredido o suficiente para causar sintomas. Isto é significativo, que formas mais rápida de crescimento do câncer de próstata têm mais probabilidade de ser fatal.





Pensa-se que o açúcar provoca a liberação do hormônio da insulina, que alimenta os tumores. Na América, em 1850, cerca de 13 onças de refrigerante foram consumidas por pessoa por ano. No final de 1980, mais de 500 latas de doze onças de refrigerantes foram consumidas por pessoa por ano. O relatório anual em da indústria de bebidas. Em 1994 mostra que o consumo per capita de refrigerantes era de 49,1 litros por ano. Desse montante, 28,2 por cento do consumo é o refrigerante diet. 


As estimativas atuais per capita é de cerca de 60 litros por ano. Os Estados Unidos são os maiores consumidores de consumo de refrigerantes e, pelo menos, o dobro do consumo de quase todos os países do mundo.Refrigerantes fornecem mais açúcar adicionas na dieta de uma típica criança de 2 anos de idade, do que biscoitos, doces e sorvetes combinados. Cinquenta e seis por cento das crianças de 8 anos drinques suaves diariamente, e um terço dos adolescentes bebem pelo menos três latas de refrigerante por dia. 

O câncer de próstata é o segundo câncer mais comum em homens, afetando mais de um bilhão em todo o mundo anualmente. O estudo, publicado no respeitado American Journal of Clinical Nutrition, está longe de ser o primeiro a vincular os refrigerantes açucarados que levam a problemas de saúde. Pesquisas anteriores já haviam sinalizado até ataques cardíacos, diabetes , ganho de peso , ossos frágeis, de câncer pancreático , fraqueza muscular e paralisia como riscos potenciais. 

Na primavera de 2005, a pesquisa mostrou uma forte correlação entre o câncer de esôfago e do consumo de bebidas carbonatadas. Para o estudo, eles analisaram a saúde de mais de 8.000 homens com idades entre 45-73 em 15 anos. Os homens, que estavam em bom estado de saúde no início do estudo, foram também questionado sobre o que gostavam de comer e beber. No final do estudo, eles compararam os hábitos alimentares dos homens que tinham sido diagnosticados com câncer de próstata com aqueles que permaneceram saudáveis ​​e encontraram uma relação clara entre bebidas açucaradas e da doença . Pesquisador Isabel Drake da Universidade de Lund, disse: "Entre os homens que bebiam uma grande quantidade de refrigerantes, vimos um aumento do risco de câncer de próstata de cerca de 40 por cento." A análise também liga grandes quantidades de bolos e biscoitos e cereais matinais açucarados com uma forma menos grave do câncer.


Fonte: http://www.wucnews.com/2015/04/just-one-can-of-soda-day-raises.html
Share on Google Plus

Sobre: Adrien Marinho

Adrien Marinho . Sou agnóstico teísta, formado em direito, publicidade. Sei desenhar, tocar guitarra, bateria e tenho TDAH. O motivo do site é o mesmo da pagina, alertar as pessoas com mais detalhes e conteúdo sobre as informações camufladas pela televisão e mídia num modo geral. Explicando com mais detalhes os escândalos envolvendo vacina, remédio, alimentação, Projeto Blue Beam , Iluminati. e tudo que se encontra oculto em nossa sociedade.
    Comentário no Blogger
    Comentário no Facebook

0 comentários: