Obra de ferrovia encontra três mil esqueletos da grande peste de 1665

Restos de esqueletos de pessoas que pereceram durante a grande peste de 1665 têm sido escavados pelos trabalhadores da construção civil no distrito financeiro de Londres.

©  Crossrail Project

Um grupo de arqueólogos começou a desenterrar nesta Terça- Feira, 10 mais de 3 mil esqueletos de vítimas da grande peste que dizimou a população de Londres em 1665 e que permanecem em uma vala comum perto da estação central de trem de Liverpool Street.

Os esqueletos foram descobertos durante as obras de construção do projeto do Crossrail, a nova linha de transporte subterrâneo na capital britânica que unirá Reading, na região oeste, a Shenfield e Abbey Wood, a leste.


Acredita-se que mais de 20 mil corpos estejam enterrados na área de Bedlam, localizada em Londres. E, agora, arqueólogos passaram a trabalhar na região, desenterrando cerca de 3 mil corpos.
Lá estão enterrados pessoas que não podiam pagar por um enterro religioso, ou que escolheram ser enterrados lá por razões políticas. Além disso, sabe-se que estão lá as vítimas da Guerra Civil Inglesa, da Grande Praga de 1665 e do Grande Incêndio de Londres em 1666.
O nome Bedlam vem do hospital "St. Mary of Bethlehem" (Belém) que funcionava como um hospício.O local foi encontrado na entrada de uma nova estação de trens que será fundada na cidade. Desde então, 60 arqueólogos trabalham seis dias por semana por lá, para que o projeto esteja terminado em setembro.
A escavação é importante cientificamente pois pode revelar muitos detalhes sobre os costumes da época em que o cemitério era ativo. Os esqueletos serão limpos e examinados de perto por especialistas que determinarão suas causas de morte, idade e sexo.
A descoberta acontece no 350º aniversário da Grande Praga de Londres - 1665 foi o ano em que o último surto foi registrado. Houve 400 anos de praga recorrente e, naquele período, ela parou. Agora os pesquisadores querem descobrir porque a peste sumiu
Arqueólogo chumbo Crossrail Jay Carver disse que a construção da ferrovia foi uma oportunidade de mergulhar em um período da história que continua a ser um enigma relativo. 

"A construção da Crossrail nos dá uma rara oportunidade de estudar áreas anteriormente inacessíveis de Londres e aprender sobre a vida e a morte dos londrinos do século 16 e 17 do ", disse ele. "Este enterro em massa, de modo diferente dos outros individuais encontrados no cemitério Bedlam, é muito provável uma reação a um evento catastrófico. Só análise mais aprofundada dirá se este é um poço da praga, desde a grande peste em 1665, mas esperamos que este achado horrível, mas emocionante nos diga mais. 

Atualizado .. 
“Os especialistas já chamado o cemitério Bedlam, conhecido como o New Churchyard, o mais importante cemitério de Londres do século 17”. Desde que o trabalho começou lá no início deste ano, mais de 3.500 esqueletos foram descobertos. O local do enterro foi usado entre 1569 e 1738, durante o qual houve numerosos surtos de peste. Estima-se cerca de 30.000 corpos foram colocados para descansar no local. Osteologist sênior do museu, Mike Henderson, disse que o achado forneceu uma oportunidade para estudar os efeitos da praga sobre o corpo. 

"Esperamos análise osteológicos que ajudará a determinar se essas pessoas foram expostas a o grande praga e, potencialmente, aprender mais sobre a evolução desta doença mortal", disse ele. Cemitério Bedlam foi nomeado após o Royal Hospital Belém, que foi usado para abrigar doentes mentais do século 13 em diante. No entanto, apenas um pequeno número de pacientes do hospital foram enterrados no local.

Fonte: http://www.rt.com/uk/312284-plague-bodies-train-station/
Share on Google Plus

Sobre: Adrien Marinho

Adrien Marinho . Sou agnóstico teísta, formado em direito, publicidade. Sei desenhar, tocar guitarra, bateria e tenho TDAH. O motivo do site é o mesmo da pagina, alertar as pessoas com mais detalhes e conteúdo sobre as informações camufladas pela televisão e mídia num modo geral. Explicando com mais detalhes os escândalos envolvendo vacina, remédio, alimentação, Projeto Blue Beam , Iluminati. e tudo que se encontra oculto em nossa sociedade.
    Comentário no Blogger
    Comentário no Facebook

0 comentários: