Mulher viciada em energéticos fica cega após consumir 28 latas de Red Bull por dia

Mencionar "Red Bull" a maioria das pessoas, e não é exatamente uma bebida que trás a saúde em uma lata. Através dos anos, a bebida energética tem recebido um quinhão de publicidade negativa, principalmente envolvendo situações onde ele foi misturado com álcool e consumido em grandes quantidades ou ingerido em excessivamente, após um grande exercício. Mas agora, a mais recente acusação contra Red Bull vem de uma mulher, que culpa a bebida pelo seu ganho de peso, dizendo que os contribuintes devem pagar a cirurgia de visão.

Lena Lupari, uma mãe desempregada de 26 anos e 165 kg, está ficando cega após beber 28 latas de Red Bull, uma bebida energética, diariamente.
De Newtownabbey, na Irlanda do Norte, a mulher engordou por tomar sete litros da bebida em uma base diária, fazendo até seu cérebro inchar.
Consumindo mais de 3 mil calorias da bebida todos os dias, ela não tinha conhecimento do dano que estava fazendo a si mesma até entrar em colapso, em junho. Os médicos descobriram que Lena tinha desenvolvido uma condição conhecida como hipertensão intracraniana idiopática (HII), resultado de seu excesso de peso.
A mulher admite que era viciada na bebida energética. “Eu costumava beber 28 latas de Red Bull em um dia e só fazia uma refeição à noite, mas normalmente era algo de fast-food ou um pacote de macarrão”, disse ela. “Tenho três filhos, um com necessidades especiais, e não tinha tempo para fazer nada. Eu estava sofrendo de enxaquecas e dores de cabeça há cinco anos, mas simplesmente ignorava e tomava analgésicos. Então, perdi minha visão e não conseguia nem levantar a cabeça da cama. Acabei no hospital por seis dias”, completou.
Os médicos dizem que ela precisa perder 44 quilos para controlar sua doença. Desde que Lena foi hospitalizada, em 18 de junho, cortou totalmente o Red Bull de sua dieta e perdeu 12 quilos. Ela quer o Sistema Nacional de Saúde (NHS) possa ajudá-la a perder o adicional de 31 kg – 30% do seu peso corporal – para evitar a necessidade de tratamento médico. "Eu não quero uma banda gástrica ou uma cirurgia, mas acho que eles devem oferecer ajuda para alguém com este tipo de problema. Perder peso não significa que vou me curar para sempre, mas não vou precisar de cirurgia”, revelou.
A hipertensão intracraniana (IH) é uma pressão alta anormal dentro do crânio, que pode acontecer de repente ou se acumular ao longo do tempo. A condição é extremamente rara. O IH significa que não há nenhuma causa óbvia para tal, mas é mais comumente visto em mulheres com excesso de peso, na faixa dos 20 anos, e tem sido associada a certos medicamentos, incluindo pílulas contraceptivas. Os sintomas mais comuns são dores de cabeça latejantes graves e alterações na visão devido a nervos ópticos inchados.
Uma lata de 250 ml de Red Bull contém 80 mg de cafeína, o que aumenta a frequência cardíaca. Pacientes com pressão arterial elevada, doença cardíaca coronariana e hipertensão são aconselhados a evitar a bebida. O energético também contém taurina, um tipo de ácido orgânico normalmente encontradas em carnes e produtos lácteos, considerado benéfico em pequenas doses.
http://www.naturalnews.com/051046_Red_Bull_obesity_blindness.html

Share on Google Plus

Sobre: Adrien marinho II

Adrien Marinho . Sou agnóstico teísta, formado em direito, publicidade. Sei desenhar, tocar guitarra, bateria e tenho TDAH. O motivo do site é o mesmo da pagina, alertar as pessoas com mais detalhes e conteúdo sobre as informações camufladas pela televisão e mídia num modo geral. Explicando com mais detalhes os escândalos envolvendo vacina, remédio, alimentação, Projeto Blue Beam , Iluminati. e tudo que se encontra oculto em nossa sociedade.
    Comentário no Blogger
    Comentário no Facebook

0 comentários: