Rússia envia maior submarino do mundo, com 200 armas nucleares, para a Síria

RFS Dmitry Donskoy TK-208 Submarino do russo navio 1

O maior submarino do mundo, o Dmitri Donskoy (TK-208), codificado pela OTAN como Typhoon, zarpou para o Mediterrâneo e está rumando para a costa da Síria, segundo o DEBKAfile reporta exclusivamente a partir de suas fontes militares e de inteligência. A bordo do submarino estão 20 mísseis balísticos intercontinentais com uma estimativa de até 200 ogivas nucleares. Cada míssil, com um alcance de 10.000 km, leva 6 a 10 ogivas nucleares MIRV.

A introdução de uma força nuclear oposta nas margens sírias pelo presidente Vladimir Putin se acumula ao que primeiro parecia uma operação para fortalecer o regime de Assad em Damasco com uma expedição militar capaz de um confronto aéreo e marítimo com as forças dos EUA no Oriente Médio.

O Secretário de Estado dos EUA, John Kerry, no sábado em 5 de setembro, expressou preocupação com os relatos de “crescente acúmulo militar na Síria” por parte da Rússia em um telefonema ao ministro do Exterior russo, Sergey Lavrov. O Departamento de Estado informou: “O secretário deixou claro que, se tais relatórios forem precisos, essas ações poderiam resultar numa nova escalada do conflito e conduzir a uma maior perda de vidas inocentes, aumentando os fluxos de refugiados e o confronto de riscos com o ISIL e das forças de coalizão na Síria”.

.Kerry estava se referindo ao potencial de interferência russa com os ataques aéreos da coalizão liderada pelos EUA contra o Estado Islâmico na Síria. Fontes do DEBKAfile em Washington e Moscou relatam que o envio de um submarino nuclear para águas sírias é tido como uma forte mensagem de que o Kremlin não vai deixar os EUA dificultarem a sua intervenção militar no conflito sírio e vai a extremos para manter o caminho aberto para o fluxo de tropas russas para o país devastado pela guerra.

Esta situação tem ido muito além das intenções da administração Obama quando as negociações russo-americanas foram inicialmente detidas pelas forças dos EUA colocadas na Turquia e no Iraque, juntamente com as tropas russas que chegam na Síria, para lançar um esforço conjunto contra o Estado islâmico. Essas negociações não deram em nada.

Na sua próxima edição na sexta-feira, 11 de setembro DEBKA Weekly 678 irá revelar pela primeira vez como Putin pretende entregar à Síria, seu planejamento operacional, a sua coordenação militar com o Irão e, acima de tudo, como a nova intervenção russa na Síria pode impactar a política americana para o Oriente Médio e Israel.

Tradução: Por Trás da Mídia Mundial
Fonte: http://osnetdaily.com/2015/09/russia-sends-worlds-largest-submarine-with-200-nukes-to-syria/
Share on Google Plus

Sobre: Adrien Marinho

Adrien Marinho . Sou agnóstico teísta, formado em direito, publicidade. Sei desenhar, tocar guitarra, bateria e tenho TDAH. O motivo do site é o mesmo da pagina, alertar as pessoas com mais detalhes e conteúdo sobre as informações camufladas pela televisão e mídia num modo geral. Explicando com mais detalhes os escândalos envolvendo vacina, remédio, alimentação, Projeto Blue Beam , Iluminati. e tudo que se encontra oculto em nossa sociedade.
    Comentário no Blogger
    Comentário no Facebook

0 comentários: