Apresentador francês que questiona aquec. global é afastado

Um apresentador de televisão francês foi afastado das câmeras após pedir licença para promover um livro que questiona a existência do aquecimento global, um mês e meio antes da Conferência do Clima de Paris (COP 21).

O chefe da meteorologia da France Télévisions, Philippe Verdier, crítica ter sido afastado após pedir férias para promover seu livro "Climat Investigation", no qual questiona os cientistas e políticos que denunciam o aquecimento global.

"Quando alguém emite opiniões contrárias à legitimidade da Conferência do Clima que vai ocorrer em Paris, esta opinião contrária tem que ser eliminada. A COP 21 é como um rolo compressor", lamentou nesta quinta-feira o apresentador à emissora de rádio Europe 1.

"Recebi uma notificação dizendo para que eu ficasse em casa à espera de uma entrevista que ocorrerá na semana que vem e selará meu destino", explicou o jornalista.

O grupo France Télévisions não comentou as informações, mas lembrou que há uma regra deontológica segundo a qual "não se pode utilizar o status profissional promovido pela imagem da empresa para difundir opiniões pessoais".

O autor, que nega identificar-se como um "cético do clima", defende que há muitas "consequências positivas" do aquecimento global. No livro, também denuncia a existência de "cientistas manipulados", "meios de comunicação cegos" e "ONGs mercantis". 
Via: http://www.ultimosacontecimentos.com.br/ultimas-noticias/apresentador-frances-que-questiona-aquec-global-e-afastado.html
Fonte: AFP.

Share on Google Plus

Sobre: Adrien Marinho

Adrien Marinho . Sou agnóstico teísta, formado em direito, publicidade. Sei desenhar, tocar guitarra, bateria e tenho TDAH. O motivo do site é o mesmo da pagina, alertar as pessoas com mais detalhes e conteúdo sobre as informações camufladas pela televisão e mídia num modo geral. Explicando com mais detalhes os escândalos envolvendo vacina, remédio, alimentação, Projeto Blue Beam , Iluminati. e tudo que se encontra oculto em nossa sociedade.
    Comentário no Blogger
    Comentário no Facebook

0 comentários: