Máfia sionista farmacêutica em guerra contra o tratamento do câncer com fosfoetanolamina sintética

Demorou para ser revelado, mas agora não têm mais volta. A população brasileira e de todo o mundo precisa saber. A máfia sionista farmacêutica, cujos donos/acionistas são os banqueiros usureiros internacionais, está em guerra contra a fosfoetanolamina, já que uma cápsula que custa apenas R$ 0,10 centavos ameaça a bilionária industria da quimioterapia e radioterapia.




A sionista Rede Globo divulgou uma reportagem asquerosa sobre a fosfoetanolamina sintética, tentando colocar a cápsula como uma espécie de placebo. Usou o infame Drauzio Varella, com lágrimas de crocodilo, para convencer a opinião pública de que a substância não é a cura do câncer e que tudo não passa de boato.

Em nenhum momento na reportagem foi entrevistado algum paciente sob tratamento com a fosfoetanolamina. Por quê? Isto deveria ser uma das primeiras providências de um repórter, perguntar à outra parte a sua versão dos fatos. Mas não, a fascista Rede Globo ignorou totalmente os pacientes e deu microfone à ANVISA. Toda esta fantochada cheira a matéria paga da indústria farmacêutica para combater a fosfoetanolamina.




A ANVISA, o órgão que já deveria ter liberado as pesquisas em seres humanos, está propositalmente bloqueando o avanço dos estudos e assim impedindo o registro do medicamento. Atua da mesma forma como a FDA(Food and Drug Administration) norteamericana. E o que faz a FDA? Frauda pesquisas e intimida a qualquer pesquisador que revele a cura de alguma doença ou a fraude dos medicamentos dos grandes laboratórios. A ANVISA age como a FDA estadunidense, como uma fachada dos laboratórios, que gastam milhões de dólares intimidando pesquisadores. Tudo para manter a censura e o negócio bilionário de pé! Os donos do cartel farmacêutico são os banqueiros sionistas internacionais, os Rothschild, Rockefeller, JP Morgan, entre outros.

É uma questão de lógica, se a quimioterapia e radioterapia dá lucro bilionário aos usureiros internacionais é óbvio que qualquer tratamento efetivo ou cura por R$ 0,10 centavos é uma ameaça ao negócio.

A Rede Record também fez uma reportagem sobre a fosfoetanolamina, mas aqui foi dado microfone aos doentes e eles estão relatando recuperação e cura da doença.


O Dr. Renato Meneguelo é um dos profissionais que desenvolveram o medicamento FOSFOETANOLAMINA SINTÉTICA contra o câncer. Há anos ele e toda a equipe vem lutando para que o medicamento seja testado clinicamente, até hoje sem sucesso e com uma força contrária querendo abafar, visto que pessoas tratadas com a substância estão relatando cura sem os efeitos colaterais horríveis que as terapias ortodoxas causam (e quase nunca curam).

Neste vídeo o Dr. Meneguelo denuncia que foi ameaçado e relata como um laboratório conseguiu em pouco tempo o registro de um medicamento contra o câncer chamado Yervoy. Um medicamento que custa R$ 78.560,00 e que foi testado em 40 pessoas. Quando se trata de “medicamento” da BigPharma, a ANVISA e os hospitais rápidamente se prontificam para fazer os testes clínicos e o registro. A aprovação é imediata! Uma canalhice total!

O leitor reparou que quando vai à uma consulta médica sempre aparece uma pessoa com uma maleta repleta de remédios que passa à sua frente para conversar com o médico? Aquele é o representante do laboratório, ele é um vendedor, o que ele faz é deixar amostras grátis e convencer ao médico a receitar o seu medicamento e em troca ele recebe comissão por isso! Ou seja, a doença é um negócio! Um negócio de bilhões de dólares que envolve laboratórios, médicos e órgãos como a FDA/ANVISA!

Se o leitor possui algum conhecido com câncer, investigue sobre este assunto, entre em contato com a USP e os pesquisadores da fosfoetanolamina. É necessário desmascarar esta máfia que lucra com o sofrimento de milhões de pessoas.

Muitas famílias estão entrando com liminares para obter a fosfoetanolamina, mas isto não basta. É necessário processar a ANVISA pelo criminoso boicote aos testes clínicos com estas cápsulas. Enquanto não deixarem que os testes sejam feitos, o medicamento não será registrado e milhões de pessoas com câncer não poderão ser beneficiadas.

Se a fosfoetanolamina for comprovadamente um sucesso, preparem os tribunais. Porque a casa vai cair para a o mafioso cartel farmacêutico e os corruptos que lucram com a indústria do câncer.

Via: https://caminhoalternativo.wordpress.com/2015/10/21/mafia-sionista-farmaceutica-em-guerra-contra-o-tratamento-do-cancer-com-fosfoetanolamina-sintetica/

http://epoca.globo.com/vida/noticia/2015/10/fosfoetanolamina-sintetica-oferta-de-um-milagre-contra-o-cancer.html
Share on Google Plus

Sobre: Adrien marinho II

Adrien Marinho . Sou agnóstico teísta, formado em direito, publicidade. Sei desenhar, tocar guitarra, bateria e tenho TDAH. O motivo do site é o mesmo da pagina, alertar as pessoas com mais detalhes e conteúdo sobre as informações camufladas pela televisão e mídia num modo geral. Explicando com mais detalhes os escândalos envolvendo vacina, remédio, alimentação, Projeto Blue Beam , Iluminati. e tudo que se encontra oculto em nossa sociedade.
    Comentário no Blogger
    Comentário no Facebook

1 comentários:

Flor disse...

Todos sabemos da existência de uma Máfia dos Medicamentos! Vi a reportagem da Globo e deu para entendê-la nas "entrelinhas". Essa parceria macabra Rede Globo/Máfia e ANVISA contra ou tentando desconceituar a fosfoetanolamina é um crime de lesa saúde, uma ignomínia cometida não só pelos mafiosos, mas pelo poder público (ANVISA) e por uma concessionária de um serviço público -- a plim plim global, padrão de iniquidade !!!