Rússia promete reagir à implantação de ogivas nucleares norte-americanas na Alemanha

O porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov, afirmou nesta quarta-feira (23) que a implantação de novas armas nucleares dos EUA na Alemanha cria desequilíbrio estratégico e tensão na Europa, contra o qual a Rússia precisará tomar medidas para estabelecer a paridade.

“Este é mais um passo e, infelizmente, um passo muito sério para antagonizar a tensão no continente europeu. Infelizmente, se estes planos se tornarem realidade com a aprovação do Bundestag (parlamento alemão), e assim por diante, pode-se dizer que eles estão firmemente nesta direção. Claro, isso pode levar a um desequilíbrio estratégico na Europa e, portanto, obrigará a Rússia a seguir de acordo com as etapas e contramedidas para estabelecer a paridade”, afirmou Peskov.
Na terça-feira (22), a imprensa alemã informou que a Força Aérea dos EUA instalaria no mínimo 20 ogivas nucleares B61-12 na Alemanha no terceiro trimestre de 2015. No mesmo dia, o Ministério das Relações Exteriores da Rússia manifestou sua preocupação com estes relatos dizendo que a decisão seria uma violação ao Tratado de Não-Proliferação de Armas Nucleares.
A mídia da Alemanha destacou que em caso de ameaças a países da OTAN as ogivas poderiam ser deslocadas para as fronteiras alemães. Políticos do país criticaram a possibilidade afirmando que seria uma provocação à Rússia.
Via: http://illuminatielitemaldita.blogspot.com.br/2015/09/russia-promete-reagir-implantacao-de.html
FONTE:

Share on Google Plus

Sobre: Adrien marinho II

Adrien Marinho . Sou agnóstico teísta, formado em direito, publicidade. Sei desenhar, tocar guitarra, bateria e tenho TDAH. O motivo do site é o mesmo da pagina, alertar as pessoas com mais detalhes e conteúdo sobre as informações camufladas pela televisão e mídia num modo geral. Explicando com mais detalhes os escândalos envolvendo vacina, remédio, alimentação, Projeto Blue Beam , Iluminati. e tudo que se encontra oculto em nossa sociedade.
    Comentário no Blogger
    Comentário no Facebook

0 comentários: