Conservante químico encontrado nos lenços umedecidos para bebês podem causar erupções cutâneas e eczemas

A grande mídia está relatando que uma reação adversa a um  conservante químico chamado methylisothiazolinone (MI) em lenços umedecidos está causando uma erupção terrível devido a uma reação "alérgica". O MI é utilizado exclusivamente para prolongar a vida útil e não tem outra finalidade.

Os especialistas têm alarmado sobre as reações perigosas do MI, que dizem ter alcançado níveis epidêmicos desde 2005. E o MI está em uma grande variedade de produtos de beleza e cuidados pessoais, e não apenas em lenços umedecidos.

Só recentemente o pico de MI reações "alérgicas" a lenços umedecidos veio à tona na mídia dos EUA. A provável razão para o atraso em alertar o público para os perigos dos lenços é que a erupção aparentemente tem sido amplamente diagnosticada como eczema. A erupção inflamada é escamosa, coça e parece muito dolorosa.

O mais preocupante é o fato da limpeza com produtos químicos são quase impossíveis de remover, uma vez que eles tenham sido aplicados, visto que aderem à pele como um adesivo.

De acordo com Dr. Ron Jones, um pediatra do Reino Unido: "Ele funciona como se fosse a hera venenosa (nome popular de uma planta da família das anacardiáceas, originária do norte da África e da Ásia. Causa irritações na pele de quem a toca, causadas pelo ¨urushiol¨, um composto líquido contido na seiva desta planta. Suas sementes são muito apreciadas pela avifauna) e pode causar uma erupção cutânea viciosa. Se você usar esse tipo de lenço, você pensa: '. Por que não posso lavá-lo?' Esse é o problema, porque ele adere à pele e provoca a alergia. Uma vez que você usar este lenço, ela vai estar lá por vários dias. "

Lenços umedecidos são apenas um dos muitos produtos que contêm MI

Especialistas dizem que a escala das reações alérgicas ao produto químico, que tem sido cada vez mais utilizada desde 2005, é alarmante. Dermatologistas e outros especialistas da pele estão recomendando que o MI seja removido imediatamente de todos os produtos que são usados através da pele. O MI foi relatado por causar erupções cutâneas, caroços, bolhas, coceira nos olhos e inchaço facial.

Aqui é apenas um exemplo do dano severo que o MI pode causar conforme relatado pelo DailyMail. Um cidadão britânico que estava de férias na Espanha teve que ser hospitalizado por dois dias enquanto esteróides e anti-histamínicos foram administrados para tratar a  "erupção cutânea" induzida pelo MI. A verdade é que o MI causa uma reação tóxica, não apenas uma reação alérgica. Na verdade, MIT é uma neurotoxina potente.

Como AnnMarieGianni.com relatou, o MIT e outros isotiazolinonas estão em lenços umedecidos e em muitos outros produtos de cuidados pessoais: "shampoos, condicionadores, tintas de cabelo, sabonetes líquidos, detergentes para a roupa, sabonetes líquidos, banho de espuma, sabonetes lavagem manual de louça, e combinações de shampoo / condicionador, "bem como cosméticos e loções.

Embora a preservação pode ser a sua função, o fato é que methylisothiazolinone é realmente um produto químico tóxico, um estudo recente relatou que causa danos nos nervos em níveis de exposição baixos. Tecnicamente, MIT é classificado como um biocida. Em outras palavras, é um produto químico que mata os microrganismos. Mas também pertence a uma classe de compostos semelhantes chamados isotiazolinonas.

Isotiazolinonas também incluem os seguintes produtos químicos: chloromethylisothiazolinone (CMIT), benzisothiazolinone (BIT), octylisothiazolinone (OIT) e dichlorooctylisothiazolinone (DCOIT).

Recentes estudos de laboratório feito com células cerebrais de ratos (in vitro) expostos ao MIT tóxico em apenas 10 minutos resultou em sérios danos aos neurônios expostos. Os investigadores observaram que uma breve exposição a metilisotiazolinona é altamente tóxico para os neurônios em cultura. O estudo foi publicado pelo The Journal of Neuroscience, fonte abaixo.

Os investigadores declararam que os efeitos tóxicos de MIT foram previamente conhecidos e relatados. A sua principal preocupação foi a oferta baixa da dose generalizada atual de exposição diária do MIT para a população em geral.

Em outras palavras, a longo prazo, estudos de exposição ao MIT de baixa dosagem deve ser feito urgentemente para determinar os níveis de segurança e ou perigos para a saúde associados à crônica exposição ao MIT em baixa dose. Tal como está, o público está, sem saber, em situação de risco e está, sem saber, participando de um experimento de exposição maciça, tóxico, sem consentimento informado.

Seja cuidadoso: Nunca compre produtos quimicamente atados de higiene pessoal feitos em laboratório - especialmente para bebês e crianças!

Fontes usadas:

http://www.ky3.com

http://www.jneurosci.org

http://www.dailymail.co.uk

http://www.annmariegianni.com

Via: Natural news

Share on Google Plus

Sobre: Thais de Deus

Adrien Marinho . Sou agnóstico teísta, formado em direito, publicidade. Sei desenhar, tocar guitarra, bateria e tenho TDAH. O motivo do site é o mesmo da pagina, alertar as pessoas com mais detalhes e conteúdo sobre as informações camufladas pela televisão e mídia num modo geral. Explicando com mais detalhes os escândalos envolvendo vacina, remédio, alimentação, Projeto Blue Beam , Iluminati. e tudo que se encontra oculto em nossa sociedade.
    Comentário no Blogger
    Comentário no Facebook

0 comentários: