Cientistas afirmam que "A negatividade faz o câncer crescer dentro do corpo"

Cada repetição que você faz geralmente causa sentimentos mais intensos fazendo a situação pior.



Graças à medicina moderna, agora há prova de que manter essas emoções dentro de você podem ter efeitos negativos sobre a sua saúde geral. 

É por isso que gostaríamos de discutir o perdão. Quando se trata de visão clínica, perdão é um processo em que uma pessoa desiste do sentimento de amargura e pensamentos associados à retribuição.

Além disso, o perdão está intimamente relacionado com o processo de desenvolver e nutrir sentimentos de generosidade, empatia e, em algum momento - o amor às pessoas que te fizeram sofrer.

Verdade seja dita, este processo não é simples ou fácil. A maioria dos clínicos concorda que, no caso de um paciente ter profundas feridas emocionais e traumas, o processo de cura será longo.

No entanto, é possível perdoar e superar esses sentimentos e  definitivamente vale a pena. 

Cerca de duas décadas atrás, a ciência médica tinha relatórios mínimos de pesquisa e estudos sobre os efeitos do perdão na saúde mental e física. 

No entanto, esta situação mudou, e há dezenas de estudos e trabalhos científicos hoje.

O perdão aumenta a qualidade de sua vida. Devemos começar dizendo que os efeitos de ficar com raiva, sentir-se frustrado ou ser negativo o tempo todo sobre algum evento do passado é tóxico. 

De acordo com muitos especialistas, manter esses sentimentos e emoções negativas leva à ansiedade crônica.

Como resultado disso, o corpo produz mais cortisol e adrenalina que leva a lesões celulares tornando-o mais propenso ao câncer. 

Assim, se você não quer perdoar, você vai se sentir doente e acabará por se tornar doente.

Enquanto estamos falando sobre o câncer, um recente ensaio clínico que incluiu mais de 80 pacientes lidando com câncer tem-se centrado nos sentimentos de auto-aceitação, pessimismo e perdão após pacientes tomaram aulas de auto-perdão.

Durante essas aulas, eles aprenderam coisas como escrita expressiva, técnicas de reflexão, etc. 

Uma vez terminadas as aulas, os pacientes que as tomaram tiveram melhores resultados quando se trata de aceitação, auto-indulgência, pessimismo e auto-aperfeiçoamento.

O perdão está aqui para impulsionar a sua confiança. No caso de você começar a pensar sobre um antigo evento onde você se sentiu ferido, maltratado, humilhado ou ofendido você vai começar a sentir mal de imediato. 

A verdade é que existem respostas fisiológicas e emocionais instantâneas em nosso corpo que são acionadas quando temos essas memórias.

Algumas das respostas mais comuns são: 

Aumento da pressão arterial, sudorese excessiva, aperto muscular .

você pode ver, estes são os sintomas comuns de ansiedade e estresse também. Alguns estudos científicos confirmaram que as pessoas que freqüentemente praticam o perdão e a compaixão às pessoas que as magoaram reduziram a resposta ao estresse. 

Outra pesquisa mostrou que 1.500 americanos adultos que perdoaram os outros disseram que estão mais satisfeitos com suas vidas e se sentem menos estressados ​​e nervosos.

Comprovou-se que o perdão é grande para aqueles que experimentaram o abuso emocional intenso demasiado. Um grupo de mulheres foi dividido em dois grupos. 

O primeiro grupo estava focado no perdão enquanto o segundo grupo praticava métodos como assertividade, validação da raiva e construção de habilidades interpessoais.

Descobriu-se que as mulheres que estavam focadas no perdão testemunharam grandes melhorias em termos de depressão, auto-estima, sintomas relacionados ao estresse pós-traumático, ansiedade e qualidade de vida.

O perdão é bom para o sistema imunológico Um estudo científico realizado há pouco tempo, que incluiu cerca de 80 pacientes que sofrem de HIV foi focada em seus pensamentos, sentimentos e comportamentos de perdão. 

Os pacientes que foram capazes de perdoar tinham melhores quantidade de células imunológicas eliminadoras do câncer. 

Não devemos esquecer que o perdão estabiliza a pressão arterial, bem como o tom cardiovagal.

Os cientistas provaram que o perdão tem excelentes efeitos protetores sobre o sistema cardiovascular. Ao mesmo tempo, a raiva é ruim para a saúde cardiovascular e causa danos ao músculo cardíaco. 

O perdão ajuda a dormir melhor, outro estudo científico mostrou que o perdão das condutas interpessoais ofensivas está associado a um melhor sono.

Por outro lado, se você continuar irritado, ressentido e amargo, você pode esperar menor qualidade de sono. 

Esta é apenas uma pequena lista de todos os benefícios para a saúde do perdão. Assim, agora que você sabe como o perdão é útil, é o momento certo para fazer um bom plano e verdadeiramente perdoar a pessoa que machucá-lo. 

O processo começa com o auto-perdão e continua com os outros. Caso você não tenha certeza de como deve perdoar, consulte um psicoterapeuta espiritual experiente. 

Esqueça o passado e os acontecimentos desagradáveis ​​que aconteceram naquela época e mova a sua vida para a frente!

Fonte:
http://humansarefree.com/2016/12/scientists-have-proven-negativity.html?utm_campaign=shareaholic&utm_medium=facebook&utm_source=socialnetwork


Share on Google Plus

Sobre: Adrien marinho II

Adrien Marinho . Sou agnóstico teísta, formado em direito, publicidade. Sei desenhar, tocar guitarra, bateria e tenho TDAH. O motivo do site é o mesmo da pagina, alertar as pessoas com mais detalhes e conteúdo sobre as informações camufladas pela televisão e mídia num modo geral. Explicando com mais detalhes os escândalos envolvendo vacina, remédio, alimentação, Projeto Blue Beam , Iluminati. e tudo que se encontra oculto em nossa sociedade.
    Comentário no Blogger
    Comentário no Facebook

0 comentários: